Arquivos



Segunda-feira, 08 de Junho de 2009

Dividindo a História

    Existem certas decisões que são dificieis de tomar, especialmente quando se é um escritor teimoso como eu que sai escrevendo por ai sem planejar as coisas antes.

    Vocês já acompanharam aqui os dilemas e os problemas que estou tendo com o novo livro por conta de algumas coisas impensadas registradas no primeiro. Como "Pelo Sangue e Pela Fé" já foi publicado, e se passa no futuro em relação a esse segundo livro, o dito lá se torna uma espécie de lei, um cânone que não pode ser ignorado sem soar como uma trapaça para o leitor.

    Lá eu falei de um governo tirânico que durou vinte anos, e agora contando uma história que se passa exatos vinte anos antes, não posso ignorar esse fato. A solução foi começar a procurar na primeira história algumas falhas, informações que não foram passadas e que podem ser modificadas afim de resolver meu problema e acho que encontrei uma.

    É claro que não irei revelar exatamente do que se trata, mas o que posso revelar é que se der certo, pretendo encerrar a história antes do imaginado, fechar esse capítulo quando se passaram apenas dez anos e deixar os outros dez para uma "continuação"

    Ai vocês se perguntam "Não é você que vive dizendo que escrever continuações é da um tiro no pé". Fato, eu realmente penso que sem garantias de publicação, não se pode escrever uma história que não tenha fim. Minha intenção é sim, dividir a história em dois, uma continuação da outra mas de uma forma que ambas possam ser lidas de forma independente.

    Não sei se isso vai dar certo, a não me lembro de alguma série de livros ter lançado mão de recurso semelhante. Não vai ser fácil, mas ao mesmo tempo abre uma brecha para que eu possa explorar mais um pouquinho da minha personagem favorita.

  por Claudio Villa | 4 comentários


Livraria Saraiva Livraria Cultura Livraria Sobrado Siciliano Fnac Livraria Nobel