Deprecated: Function ereg() is deprecated in /home/mundosde/public_html/pg_arquivos.php on line 6

Arquivos




Deprecated: Function ereg_replace() is deprecated in /home/mundosde/public_html/mysql_connect.php on line 107

Deprecated: Function ereg() is deprecated in /home/mundosde/public_html/mysql_connect.php on line 110

Deprecated: Function ereg_replace() is deprecated in /home/mundosde/public_html/mysql_connect.php on line 160

Deprecated: Function ereg_replace() is deprecated in /home/mundosde/public_html/mysql_connect.php on line 161

Deprecated: Function ereg_replace() is deprecated in /home/mundosde/public_html/mysql_connect.php on line 163

Deprecated: Function ereg_replace() is deprecated in /home/mundosde/public_html/mysql_connect.php on line 166
Segunda-feira, 18 de Maio de 2009

Fechando o Segundo Ato

    Confesso que estou muito relapso com esse blog este ano. Já se passaram diversas semanas onde pulei a atualização que até fim do ano passado era regularmente semanal.

    Desde a última a um mês muitas coisas aconteceram para atrapalhar essa regularidade. Meu computador quase sofreu um infarte do miocárdio (entenda-se, o processador quase queimou) e após duas semanas com o técnico voltou com poucas sequelas. Se já não fosse o bastante, ainda peguei uma conjuntivite galopante o que fez o ato de olhar para uma tela brilhante um exercício de força e paciência.

    Existe ainda a terceira e mais importante questão, eu não tinha simplesmente nada de novo a relatar. Achei melhor portanto permanecer no silêncio a encher linguiça só para atualizar o diário. A coisa mudou um pouco nesses últimos dias pois finalmente sinto que tenho alguma novidade para contar.

    Após mais de um ano entre mudanças, bloqueios e revisões sinto que finalmente conseguirei fechar o segundo ato do Vento Norte. Não conheço uma técnica ou ciência que determine isso, é definitivamente um feeling, uma sensação de que é o momento de encerrar aquela parte da história ali.

    Para aqueles que já leram meu primeiro livro, lembrarão que busco dividir minha história em três atos, o que significaria nesse caso que o primeiro original estaria em torno de 60% pronto. É claro que ainda existirão os leitores beta e a presença por editor, mas admito que entrar na "reta final" do livro esta me assustando um pouco. Colleen foi uma personagem pelo qual me envolvi muito nos ultimo anos, um envolvimento maior até mesmo do que tive com Jonathan quando escrevia "Pelo Sangue e Pela Fé".

    Eu sei que o livro, mesmo por uma questão comercial, não pode ter um numero infinito de páginas mas uma sensação persiste na minha cabeça, a de um grande potencial não aproveitado. É claro que sempre poderei escrever outras aventuras envolvendo a personagem (estou usando um recurso no livro que me da essa liberdade), mas essa é sua primeira grande aventura e deveria ser realmente interessante.

    Talvez seja essa insegurança, essa sensação de que sua história nunca esta boa o bastante que esteja me bloqueando tanto para concluir o livro. Eu li inúmeros livros sobre piratas nos últimos anos e tudo o que gostaria é que meu livro transmitisse as mesmas emoções, desse ao leitor um senso de realidade e aventura para que ela se aproximasse de seus pares históricos.

    Ainda existe o ato três e espero durante ele dar a pincelada final necessária para que a história de Colleen seja tão legal quanto eu a imaginei. Quem sabe assim ela pode finalmente tirar umas férias enquanto escrevo outro livro e quem sabe depois voltar para uma nova aventura. Só o tempo dirá

  por Claudio Villa | 1 comentário



Deprecated: Function ereg_replace() is deprecated in /home/mundosde/public_html/mysql_connect.php on line 107

Deprecated: Function ereg() is deprecated in /home/mundosde/public_html/mysql_connect.php on line 110

Deprecated: Function ereg_replace() is deprecated in /home/mundosde/public_html/mysql_connect.php on line 160

Deprecated: Function ereg_replace() is deprecated in /home/mundosde/public_html/mysql_connect.php on line 161

Deprecated: Function ereg_replace() is deprecated in /home/mundosde/public_html/mysql_connect.php on line 163

Deprecated: Function ereg_replace() is deprecated in /home/mundosde/public_html/mysql_connect.php on line 166
Segunda-feira, 25 de Maio de 2009

Saltando no Tempo

    Finalmente o momento que mais temia em meu novo trabalho chegou e por mais que quisesse não posso fugir dele. Ao longo de todo o desenvolvimento da trama procurei evitar pensar nesse assunto, postergando e torcendo para que alguma solução miraculosa surgisse nesse meio tempo. Não surgiu, e agora terei de resolver as coisas da maneiras mais simples possível se realmente quero alcançar a meta de terminar o livro até o final de Julho.

    A questão a que me refiro é um salto no tempo da história, uma transição de vinte anos entre os eventos narrados até aqui e a conclusão que ligara o novo livro ao "Pelo Sangue e Pela Fé". Mas vocês se perguntam, porque isso lhe perturba tanto? E porque vinte anos ao invés de dez? Confesso que parte é minha culpa, mas outra parte se deve a forma como o mundo de Mirr foi criado.

    Vocês devem se lembrar, pois já falei isso aqui inúmeras vezes, sobre a criação do mundo onde passo minhas histórias. Mirr esta longe de ser uma invenção unicamente minha (na verdade, em termos "territoriais" apenas uma pequena ilha é minha para desenvolver como bem entender). Mirr é um amálgama de várias idéias e pessoas que de forma direta ou indireta o vem influenciando desde que surgiu em meados de 1995. Muitas histórias que talvez jamais cheguem a seus olhos já foram contadas e seus traços ecoam pelo mundo.

    Esse é exatamente o caso do personagem que esta causando tanta dor de cabeça para que eu encaixe a história na realidade criada em Pelo Sangue e Pela Fé. Por forças que vão além de minha vontade e por conta de histórias passadas, esse personagem se viu obrigado a passar vinte anos preso (inicialmente eram quarenta, mas consegui negociar uma redução da pena). Uma vez que a libertação desse personagem é um dos pontos chaves da trama de "O Vento Norte", esse fato não poderia ser ignorado e pelo bem ou pelo mal preciso aguardar vinte anos para que as coisas aconteçam.

    Mas se esse fato ocorreu em eventos fora do livro, porque não simplesmente ignora-lo e escrever o que é mais conveniente a história? É nesse ponto que entra minha culpa e o ponto que não pode ser remediado. Em um determinado ponto de Pelo Sangue e Pela Fé um dos personagens em um diálogo exalta.
    — Isto é um ultraje, nós resistimos a quase vinte anos de dominação...
    A partir do momento que essa frase saiu publicada, se tornou um cânon, uma verdade que não pode mais ser contrariada. Eu poderia ter evitado isso no primeiro livro, mas até mesmo pela inexperiência na época e por uma falta de planejamento nos livros futuros não o fiz.

    Me resta agora lidar com essa situação e contorna-la da melhor forma possível. Ignorar essa informação do primeiro livro seria uma trapaça com o leitor, por mais que talvez ele nem se lembre dessa informação ao ler o segundo livro.

    A melhor solução dada ao problema até o momento partiu mais uma vez do Antonio la da Escritores de Fantasia. A questão não é pular vinte anos a revelia; o personagem não ficou simplesmente sentado esperando o tempo passar. Muitas aventuras e perigos podem ter sido vivenciados nesse tempo (aventuras essas que podem sim serem aproveitadas em um livro futuro), mas a questão é que nenhum desses eventos passados foi decisivo para mudar o rumo da trama atual. O que devo pensar agora é exatamente esse evento crucial, essa situação extrema que tira a personagem do conformismo e da rotina e a coloca novamente na trilha estabelecida no passado.

    Meu cunhado, ao presenciar meu dilema me deu uma ótima idéia de como passar esses vinte anos ao leitor. Eu havia pensado inicialmente no recurso clássico do narrador onisciente que descreve de forma sucinta os evento passados. Pensei também em inserir a passagem nas divagações de um dos antagonistas, mas ambas as soluções me incomodavam um pouco. Foi ai que ele me deu a idéia, porque não fazer essa passagem através do diálogo de duas pessoas comuns, dois marinheiros bêbados lembrando suas aventuras e contando vantagem um sobre o outro? Talvez seja essa leveza que precise para começar a árdua tarefa de escrever a última parte do livro.

    O que posso dizer afinal é que não será fácil fazer essa transição, adequar os personagens e buscar esse tal "evento crucial", mas independente disso estou animado com o desafio.

  por Claudio Villa | nenhum comentário


Livraria Saraiva Livraria Cultura Livraria Sobrado Siciliano Fnac Livraria Nobel